X
Acesso aos Serviços

página / Institucional /CREA-BA

Revista 30

Data: 01/01/2010 Revista > Edição 30 Histórias de inacessibilidade

 

Editorial

 

A matéria de capa da edição nº 30 da Revista Crea-BA traz um dado preocupante no que se refere ao amplo direito à acessibilidade. Em Salvador, dos 1.800 imóveis tombados pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), menos de dez estão com projetos de acessibilidade em andamento.

 

O dado, informado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Cultural (Ipac), revela o grau de exclusão a que estão submetidos os mais de 15% da população que, segundo o IBGE, apresentam algum tipo de deficiência. Preocupado em desenhar o panorama da inacessibilidade nos prédios históricos da capital baiana, o Crea realizou um evento pioneiro sobre o tema com especialistas de vários estados.

 

Ao discutirmos aspectos técnicos e de gestão que influenciam essa estatística, sinalizamos para alternativas que podem contribuir para a redução das desigualdades. Um dos caminhos mais eficazes para alterar esse cenário de exclusão talvez seja a inclusão da disciplina Acessibilidade na grade curricular das escolas de Engenharia e de Arquitetura. Seria uma forma eficiente de enfrentar o problema na origem, ou seja, na formação daqueles que podem equacionar a aplicação da boa técnica à redução de barreiras físicas e arquitetônicas sem desconfigurar o patrimônio histórico e artístico.

 

Um outro tema relevante abordado pela nossa reportagem diz respeito à falta de cultura da manutenção preventiva em nosso País e, consequentemente, em nosso estado. Um estudo realizado pelo Sinaenco em 2006 e 2008 detectou que 15 obras-de-arte – termo que serve para designar construções como pontes, túneis e viadutos – apresentam sérios problemas estruturais em Salvador. Dos casos mais graves apontados pelo Sindicato, apenas a ponte sobre o Rio Jaguaribe sofreu intervenção. Nos dois casos, as estatísticas apontam para distorções que esbarram na falta de políticas públicas voltadas para as reais necessidades da população.

 

Jonas Dantas
Presidente

 
COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO

notícias

ver todas

revista

Revista 66

Edição 66 | 2019


outras edições