X
Acesso aos Serviços

Destaque / Destaque

Notícias

Delegação feminina da Bahia para CNP chama a atenção

O estado da Bahia também tem delegada eleita mais nova (22 anos) entre todos os participantes do país.

13/08/2019

O Crea-BA terá uma equipe formada por 24 delegados e delegadas participando do Congresso Nacional de Profissionais, o CNP, organizado pelo Confea entre os dias 19 e 21 de setembro, na cidade de Palmas - TO. Na 10º edição do CNP chama a atenção o aumento da representatividade feminina, já que a composição é 14 delegadas mulheres e 10 delegados homens. Além dos 24 delegados, temos ainda 4 delegados considerados “natos” que se somam ao grupo.

A presença de mulheres ocupando 58% das vagas da delegação do Crea-BA no Congresso Nacional de Profissional evidencia também o crescimento da participação das profissionais do sexo feminino nas áreas de engenharia, agronomia e geociências. Atualmente, a Bahia tem quase 10 mil (9.968) mulheres ativas no Conselho atuando nessas áreas.

O presidente do CREA-BA, engenheiro civil Luis Edmundo Prado de Campos, vê o crescimento com otimismo: “Fizemos as eleições para delegados(as) no CEP da Bahia de forma bem democrática e acredito que tenha contribuído para a presença de mais mulheres na delegação”. As expectativas do líder do Conselho são de uma boa atuação em Palmas. “Espero que a Bahia seja protagonista durante o CNP, defendendo propostas que fortaleçam o Sistema Profissional e à sociedade”, completa.

Coordenadora Adjunta da Comissão Organizadora do 10º CEP, a conselheira do Crea-BA, engenheira civil Rute Carvalhal, também ficou satisfeita com o protagonismo da participação feminina. “O crescimento da participação feminina acontece pela mudança na forma de realizar os encontros, deixando de se concentrar na participação de servidores do CREA-BA e trazendo a presença de profissionais nas regiões das microrregionais do Congresso Estadual”, aponta. Carvalhal, que também é delegada do CNP, diz acreditar ainda que há uma grande onda a favor das profissionais engenheiras, evidenciando a importância do processo de inovação com a presença das mulheres. “Muitas delegadas eleitas nunca tiveram o incentivo e também a oportunidade de estar em um evento deste porte. Irão defender as propostas escolhidas e vão se posicionar sobre a presença das engenheiras nas decisões do Sistema”, completou. 

Delegada Eleita na Bahia será a mais nova no CNP

Além de ter um número considerável de mulheres na delegação do CNP, a Bahia também está chamando a atenção por ter a representante mais nova entre todos os participantes do país. A delegada eleita Dalila da Silva Araújo, engenheira civil da região de Ribeira do Pombal, tem 22 anos e está muito animada para participar do Congresso. “Sinto-me privilegiada em estar no meio de profissionais com tanta experiência, e também em representar a nova geração de engenheiros do nosso país”, disse.

Sobre as propostas que pretende defender durante o Congresso, ela destaca a ideia do programa “Mais Engenheiros” que visa estabelecer um corpo técnico mínimo de profissionais dentro das prefeituras, de acordo com a realidade de cada local. “Também tem as propostas que abrangem o eixo de recursos naturais, que acredito ser um assunto emergente e que deve ser tratado com grande zelo”, complementou.

O presidente Luis Edmundo também é delegado nato do CNP e ficou satisfeito com a curiosidade a respeito da eleição de Dalila. “É interessante vermos que a nossa proposta de renovação foi contemplada e a delegada Dalila é prova disso. Fico feliz em ver que jovens estão se envolvendo com o Sistema Confea/Crea e Mútua, pois nossa atuação precisa ser fortalecida e para isso necessitamos do apoio das novas gerações”, explicou.

O 10º Congresso Nacional de Profissional começa no dia 19 de setembro, logo após o fechamento da Semana Oficial de Engenharia e Agronomia, na cidade de Palmas -TO.

Fonte: Ascom Crea-BA

COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO

notícias

ver todas

revista

Revista 64

Edição 64 | 2019


outras edições